Para além de uma “paz” no singular: conheça a teoria das “Muitas Pazes” desenvolvida por Wolfgang Dietrich e estudada com exclusividade em nosso programa de pós-graduação

Depois de conceituarmos os Estudos de Paz e Conflito e apresentarmos o seu surgimento (link para o post), é chegada a hora de falar sobre as Muitas Pazes e a Filosofia da Paz Transracional, um dos mais recentes desenvolvimentos da teoria e na prática dos EPC que nosso programa brasileiro traz com exclusividade.

Liderada por Wolfgang Dietrich e toda sua equipe, a Filosofia da Paz Transracional baseia-se no entendimento de que a paz é sempre relacional e, portanto, não pode existir sem que alguém a experimente. A paz existe em uma pluralidade de entendimentos, tornando mais preciso falar em "pazes" do que em uma "paz" singular. Experiências de paz podem ser livremente agrupadas em “muitas pazes” baseadas no princípio de orientação geral a partir do qual a paz é vivenciada.

Ph.D Wolfgang Dietrich em uma de suas aulas no programa de pós-graduação em Transformação de Conflitos e Estudos de Paz com ênfase no Equilíbrio Emocional da Paz & Mente.

Ph.D Wolfgang Dietrich em uma de suas aulas no programa de pós-graduação em Transformação de Conflitos e Estudos de Paz com ênfase no Equilíbrio Emocional da Paz & Mente.

Dentro dessa estrutura que Dietrich e sua equipe criaram, a paz pode ser estudada e interpretada por meio de cinco lentes de acordo com as culturas e histórias: 

Paz provinda da harmonia: é uma compreensão energética de paz, na qual o mundo é entendido como um sistema não vinculado de relacionamentos não hierárquicos. Aqui a paz é o equilíbrio dos opostos.

Paz provinda da justiça: baseia-se em uma compreensão moral do universo em que um referente transcendente (ou seja, um Deus criador onipotente) serve de base para determinar normas que governam o que é certo ou errado. 

Paz a partir da segurança: é uma perspectiva moderna que, no lugar de um criador onipotente, coloca a razão como a ideia mais elevada e se empenha por um mundo no qual a justiça é alcançada por meio da racionalidade cuidadosamente aplicada. 

Paz provinda da verdade: na visão de mundo pós-moderna, com seu colapso de estruturas de orientação, encontramos preocupações de paz provinda da verdade.

Paz transracional: A quinta lente trata-se da abordagem transracional que reconhece a importância de um "equilíbrio dinâmico" dessas quatro abordagens em qualquer conflito. Portanto, a paz, na visão transracional sobre o conflito, é um equilíbrio dinâmico entre segurança, verdade, harmonia e justiça.

Gráfico Cinco Famílias de Paz Wolfgang Dietrich

Se você achou esta perspectiva interessante, temos uma dica. Em breve a Paz & Mente irá lançar pela Editora Paz & Mente, com exclusividade no Brasil, o livro "Interpretações de Paz na História e nas Culturas", o primeiro volume da trilogia “Muitas Pazes” de Wolfgang Dietrich. A obra vem acompanhada por um curso online ministrado pelo autor, com aulas sobre as cinco famílias de pazes. Aguarde, em breve disponível!

Além disso, se você deseja aprofundar academicamente e experiencialmente os seus conhecimentos sobre os EPC, recomendamos nossa pós-graduação em Transformação de Conflitos e Estudos de Paz com ênfase no Equilíbrio Emocional. Conheça mais aqui