Estudos de Paz e Conflito (EPC) como campo de estudo acadêmico: o que são os EPC?

Questões de paz e conflito têm sido uma preocupação permanente de inúmeras culturas ao longo da história humana. Somos essencialmente seres relacionais, e nossa complexidade naturalmente dá origem a conflitos. Por meio de nossos relacionamentos, podem emergir conflitos e pazes, e da transformação e realização deles derivam significado e compreensão de nosso lugar no mundo. O campo de Estudos de Paz e Conflitos (EPC) se dedica academicamente a estudar e investigar essas questões. Mas você sabe o que são os EPC? 

Estudos de Paz e Conflito EPC

O campo dos EPC é fundamentalmente um campo transdisciplinar, que se baseia em uma ampla gama de disciplinas acadêmicas, tais como ciências políticas, sociologia, história, antropologia, tradições contemplativas, teologia, psicologia, filosofia, dentre outras abordagens teóricas e lições aprendidas por meio da prática. Por intermédio da aplicação da pesquisa, da educação e da prática, os EPC têm por foco a investigação sobre a natureza do conflito, violência, identidade, segurança e poder, além de habilidades e métodos para aplicá-las à transformação dos processos conflitantes a fim de levar à paz dinâmica e inclusiva.

Como disciplina acadêmica, o campo dos EPC tem menos de cem anos e prossegue em constante desenvolvimento. A dinâmica em permanente mudança das complexidades de qualquer conflito, juntamente com as preocupações daqueles que desejam transformá-lo, continua a moldar e a refinar o campo. Esta seção traz uma breve introdução sobre algumas das principais tendências que moldaram o desenvolvimento do campo dos Estudos de Paz e Conflitos.

Os Estudos de Paz e Conflito são discurso e prática que se tornaram cada vez mais difundidos em seu escopo e matizados em sua profundidade à medida que mais disciplinas vieram moldá-los. É importante notar que o desenvolvimento do campo de EPC não ocorreu linearmente, com certas tendências substituindo concepções anteriores, mas, ao contrário, as perspectivas e experiências que moldaram os campos da teoria e da prática se sobrepõem e coexistem como fios de um tear. O desenvolvimento dos EPC pode ser entendido por meio de mudanças em larga escala na compreensão da natureza e das causas do conflito, dos meios para enfrentá-lo e dos atores primários responsáveis por abordar o conflito.

Para compreender como este campo surgiu e como os estudos se dão na prática, acompanhe o blog da Paz & Mente, uma organização educacional transdisciplinar brasileira dedicada academicamente e profissionalmente aos campos de Estudos de Paz e Conflitos, Estudos das Emoções e Ciência Contemplativa.